quarta-feira, 17 de dezembro de 2014



Caros associados, colaboradores, amigos e respetivas famílias, desejamos a todos um Santo e Feliz Natal, pleno de Paz, Alegria e Fraternidade.

Que  a Família de Belém seja para todos nós um exemplo de harmonia e união.

domingo, 26 de outubro de 2014



AO ENCONTRO DA CULTURA


No passado Domingo dia 12 de Outubro, realizamos a nossa já habitual atividade anual ao “Encontro da Cultura”. Desta vez, voltamos a convidar os dirigentes do agrupamento 200 e tivemos a companhia de quatro. Visitamos pela manhã, o Mosteiro de Singeverga, único mosteiro masculino em Portugal. Relativamente recente e grandioso, é um mosteiro dos frades beneditinos, cujas instalações datam de 1892 tendo, contudo, sido restaurado em meados do século XX.
 No seu interior conserva-se um valioso espólio de arte sacra e de coleções de arte africana ou borboletas.
 Na sala do capítulo, destaque para uma imagem de São Bento em madeira policromada, seiscentista. No final da visita gentilmente guiada pelo Monge Irmão André, assistimos à eucaristia solene cantada no mosteiro.
 Não muito longe deste, existe um seminário em cujos anexos se produz o famoso licor de Singeverga.
Após a eucaristia, reunimo-nos em saudável convívio, para reconfortar o estômago e assim nos prepararmos para a continuidade da atividade.
Iniciamos então a tarde, visitando a citânia de Sanfins que se localiza quase na sua totalidade na freguesia de Sanfins de Ferreira e a parte sudoeste na freguesia de Eiriz, ambas no concelho de Paços de Ferreira, distrito do Porto. Está classificada pelo IPPAR como monumento nacional.
É uma das mais importantes zonas arqueológicas da civilização castreja na Penísula Ibérica. Surgiu por volta do século I a.c. e ocupa uma área de cerca de 15 hectares.  Finda a visita à citânia, seguimos para o seu  Museu Arqueológico  que se encontra instalado no centro da freguesia de Sanfins, num edifício setecentista, conhecido por Casa da Igreja ou Solar dos Brandões, integrado num conjunto de interesse histórico local que compreende também os antigos espaços paroquiais. A exposição permanente mostra o espólio das escavações da Citânia de Sanfins e os materiais arqueológicos recolhidos na área do concelho de Paços de Ferreira, documentando inúmeros vestígios das comunidades implantadas na região desde o Neolítico. Os objectos expostos variam desde Estátuas de Guerreiros Castrejos às mais variadas peças de cerâmica, moedas, objectos religiosos e agrícolas. No final regressamos ao salão Paroquial de Polvoreira para entre todos partilharmos o farnel e onde em alegre convívio terminamos a atividade reforçando assim a harmonia que existe entre o CNE e a FNA.
video
Estiveram presentes  17 associados  27 familiares  5 elementos do CNE e ainda o nosso pároco e assistente Francisco Xavier.

 L.A.
BAR DA IGREJA DE POLVOREIRA


video
A FNA associou-se ao grupo coral de Polvoreira, para todos os primeiros fins de semana do mês, assegurarem o funcionamento do Bar da Igreja que tem por objectivo, a receita de fundos para obras de recuperação da mesma. Um espaço onde se podem deliciar as iguarias e vinho da região.

L.A.
PASSAGENS
A FNA, a convite do agrupamento 200 de Polvoreira, esteve no passado dia 5 de Outubro, presente nas passagens de secção do agrupamento.
No início do ano escutista existem mudanças nas secções, muitas vezes não só ao nível dos jovens que as compõem, mas também das respectivas equipas de animação. Passagem simboliza movimento e desprendimento. Os jovens crescem e a sua forma de olhar para a vida e para o próprio Escutismo evolui. Como tal, os mais velhos de cada secção passam para uma nova etapa. À medida que avançam para a secção seguinte os jovens vão experimentando novos métodos, adaptados às respectivas idades, sempre dentro do projecto educativo do Escutismo. A passagem de secção é um momento especial, com uma carga simbólica elevada, para os jovens que abandonam a secção onde estiveram cerca de quatro anos, para se dedicarem a outro tipo de tarefas, que têm mais a ver com a respectiva idade. Estes são sempre momentos de grande emoção, onde uns e outros se desprendem dos amigos que os acompanharam durante um longo tempo mas que com certeza nunca irão perder de vista.

Estiveram presentes 7 associados
video

L.A.
TOMADA DE POSSE DO NOVO CHEFE DO AGRUPAMENTO 200 POLVOREIRA

No passado dia 28 de Setembro, pelas 10:15h, teve lugar na eucaristia da Paróquia de Polvoreira,  a tomada de posse daquele que será o novo Chefe de Agrupamento de Escuteiros de Polvoreira  para o próximo triénio. Na presença de todo o Agrupamento, da Fraternidade de Nuno Àlvares, do nosso pároco e assistente do agrupamento, Padre Francisco Xavier,  do representante do núcleo Alexandre Novais, assim como de toda a comunidade paroquial, tomou então posse, o Chefe José Miguel Magalhães. Dirigente deste agrupamento à já alguns anos, tendo feito o seu percurso escutista, desde Lobito a dirigente neste agrupamento. Das mãos do chefe cessante, Raimundo Fernandes que esteve no comando do agrupamento nos últimos dois mandatos, onde  dedicou muito da sua vida, empenhando-se para manter viva a chama escutista em Polvoreira, recebeu o testemunho da responsabilidade  de enfrentar grandes desafios em prol da formação escutista e dos jovens na Igreja. A FNA deseja as maiores felicidades para esta nova missão e reitera toda a disponibilidade de colaboração e partilha do ideal escutista.
Estiveram presentes 9 associados
 L.A.

quinta-feira, 2 de outubro de 2014


PEREGRINAÇÃO À PENHA

No passado dia 14 de Setembro, realizou-se mais uma Peregrinação anual à Penha do Arciprestado de Guimarães e Vizela, levando milhares de fieis, escuteiros e a Região de Braga da FNA ao Santuário de Nossa Senhora do Carmo, na Penha. Apesar da forte chuva que se fez sentir durante a procissão, foram milhares os fiéis que continuaram a peregrinação. A chuva acompanhou os fiéis ao longo de praticamente todo o percurso, mas nem as condições atmosféricas demoveram os peregrinos na subida à Montanha da Penha.

A cerimónia foi presidida pelo Arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga, que deixou uma palavra de conforto aos familiares das vítimas que faleceram no Rali Sprint de Guimarães.
Estiveram presentes 8 associados.
FUNDAÇÃO DO NÚCLEO DE BALUGÃES

No ultimo dia do mês de Agosto, a Região de Braga ficou mais enriquecida com a fundação de mais um núcleo, desta vez o núcleo de Balugães, no concelho de Barcelos. Estiveram presentes cerca de 20 Núcleos assim como a comunidade paroquial.
A fundação deste núcleo associou-se à comemoração dos 65 anos do Agrupamento 86 do CNE, que festejou o seu aniversário neste dia.

A cerimónia foi presidida pelo Rev. Padre Lima, pároco e assistente do escutismo, contou ainda com a presença do Presidente da Junta, do Presidente da Assembleia de Freguesia, da Companhia de Balugães das Guias de Portugal, de vários Agrupamentos do CNE vizinhos, da Região de Braga mas também de Viana do Castelo, e dos vários órgãos nacionais e regionais da FNA. Do nosso núcleo e porque muitos associados se encontravam ainda de férias, estiveram presentes  apenas dois associados e um familiar.

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Conforme o prometido... Cá está!

FEIRA MEDIEVAL EM POLVOREIRA


video

quinta-feira, 17 de julho de 2014

VOLUNTARIADO

A pedido do Centro Social e Paroquial de Polvoreira, a Fna prestou voluntariado na recepção da instituição nos fins de semana 17 e 18 de Maio e 14 e 15 de Junho. Manifestando assim um gesto para a qual associação está vocacionada (servir).

Estiveram presentes 6 associados e dois familiares.

L.A.
FEIRA MEDIEVAL EM POLVOREIRA


Nos passados dias 11, 12 e 13 de Julho, Polvoreira foi palco de uma iniciativa inédita por estes lados. Ideia genial, trazida pela comunidade de pioneiros do agrupamento 200 de Polvoreira, que em três dias tornou irreconhecível o nosso ponto de encontro de todos os fins de semana. A Igreja Paroquial de Polvoreira. Entre as bancas com produtos regionais, com artesanato e iguarias da região, a música e danças medievais, rábulas teatrais, e um almoço medieval “vestiram” as imediações da nossa Igreja Paroquial à Idade Média, com muitas pessoas a aderir aos trajes e às danças, num animado ambiente onde miúdos e graúdos foram convidados a regressar à época medieval. O ponto mais alto foi sem dúvida a eucaristia que em cortejo real, recebeu as personagens Rei D.João I e Catarina de Lencastre, seguidos dos seus filhos Infante D. Henrique, D. Duarte e D. Pedro e por fim os seus súbditos que se dirigiram para a eucaristia, celebrada pelo nosso pároco e assistente Padre Francisco Xavier, tendo na homilia feito uma breve explicação do comportamento da Igreja na época medieval. No final, todos se dirigiram para o “banquete Real”.
Foi sem dúvida um fim de semana místico e mágico que ficará certamente na memória de todos, sobretudo daqueles que tiveram a iniciativa, dos que gratuitamente se entregaram ao trabalho, daqueles que das mais diversas formas contribuíram  para tornar este evento possível, participando ativamente nas inúmeras iniciativas propostas pela organização do evento.
Agradecemos à organização deste evento o facto de permitirem que tivéssemos uma banca de venda de doces e licores  que nos proporcionou uma angariação de fundos para o núcleo.
Parabéns a todos que das mais diversas formas tornaram possível esta iniciativa e permitiram um ambiente de alegre e saudável convivio.
Participaram nesta iniciativa 10 associados.

L.A.





Em breve o filme